segunda-feira, 21 de março de 2011

Música

Alguma vez experimentaste fechar os olhos e ouvir?
A sensação de estar cego por momentos...
Mas apenas até tudo começar a fluir,
Criando todo um novo mundo, só para ti.

Quase sem dares por isso, começas a sentir.
Sentir um ritmo que te embala e te soa tão natural.
Há uma força, uma alegria, que te prova existir,
Preenchendo-te a cada nota, acorde e batida.

É algo que te faz sorrir, apenas de imaginar,
Tal é o modo como ressoa bem no fundo do teu ser.
Prendendo-te, pois é impossível de evitar,
De uma forma tão primitiva que não te soa a prisão.

Torna-se tão tu, que recebe o poder de recordar.
Guardando fielmente o que sentes e desejas,
Até ao momento em que aparece para te despertar,
Lembrando-te daquilo que foi e ainda há-de ser.

N.A.: Dia Mundial da Poesia!
Para um pequeno extra, cliquem aqui e voltem a ler :P